Nunca te vi, Sempre te amei


Terça-feira , 14 de Agosto de 2007


SAUDADE FALA PORTUGUÊS





Quando vejo retratos, quando sinto cheiros...

Eu tenho saudades de tudo que marcou a minha vida.
Quando vejo retratos, quando sinto cheiros,
quando escuto uma voz, quando me lembro do passado,
eu sinto saudades...

Sinto saudades de amigos que nunca mais vi,
de pessoas com quem não mais falei ou cruzei...
Sinto saudades da minha infância,
do meu primeiro amor, do meu segundo, do terceiro,
do penúltimo e daqueles que ainda vou vir a ter, se Deus quiser...

Sinto saudades do presente, que não aproveitei de todo,
lembrando do passado e apostando no futuro...
Sinto saudades do futuro, que se idealizado,
provavelmente não será do jeito que eu penso que vai ser...
Sinto saudades de quem me deixou e de quem eu deixei,
de quem disse que viria e nem apareceu;
de quem apareceu correndo, sem me conhecer direito,
de quem nunca vou ter a oportunidade de conhecer.

Sinto saudades dos que se foram
e de quem não me despedi direito;
daqueles que não tiveram como me dizer adeus;
de gente que passou na calçada contrária da minha vida
e que só enxerguei de vislumbre;
de coisas que eu tive e de outras que não tive, mas quis muito ter;
de coisas que nem sei que existiram, mas que se soubesse,
decerto gostaria de experimentar;

Sinto saudades de coisas sérias, de coisas hilariantes,
de casos, de experiências...
Sinto saudades do cachorrinho que eu tive um dia
e que me amava fielmente,
como só os cães são capazes de fazer,
dos livros que li e que me fizeram viajar,
dos discos que ouvi e que me fizeram sonhar,
das coisas que vivi e das que deixei passar, sem curtir na totalidade;

Quantas vezes tenho vontade de encontrar não sei o que,
não sei aonde,
para resgatar alguma coisa que nem sei o que é
e nem onde perdi...
Vejo o mundo girando e penso que poderia estar sentindo saudades em
japonês, em russo, em italiano, em inglês,
mas que minha saudade,
por eu ter nascido brasileira,
só fala português embora, lá no fundo, possa ser poliglota.

Aliás, dizem que se costuma usar sempre a língua pátria, espontaneamente,
quando estamos desesperados, para contar dinheiro, fazer amor e declarar
sentimentos fortes,
seja lá em que lugar do mundo estejamos.
Eu acredito que um simples "I miss you",
ou seja, lá como possamos traduzir saudade
em outra língua, nunca terá a mesma força
e significado da nossa palavrinha.
Talvez não exprima, corretamente,
a imensa falta que sentimos de coisas ou pessoas queridas.

E é por isso que eu tenho mais saudades...
Porque encontrei uma palavra para usar
todas as vezes que sinto este aperto no peito,
meio nostálgico, meio gostoso,
mas que funciona melhor do que um sinal vital
quando se quer falar de vida e de sentimentos.
Ela é a prova inequívoca de que somos sensíveis, de que amamos muito do
que tivemos e lamentamos as coisas boas
que perdemos ao longo da nossa existência...

Sentir saudade é sinal de que se está vivo!

Maria Eugênia - Doce Deleite

 

Escrito por Carla às 07h14
[ ] [ envie esta mensagem ]

Segunda-feira , 13 de Agosto de 2007


TANTO TEMPO DISTANTE DAQUI...E UM SIMPLES "OI, TD BEM?" ME FEZ RETORNAR...TENHO SAUDADE.

Escrito por Carla às 10h20
[ ] [ envie esta mensagem ]

Domingo , 29 de Abril de 2007


FELIZ ANIVERSÁRIO DIAMANTE BRUTO!

DESEJO QUE TENHAS UM DIA MUITO FELIZ E QUE A FELICIDADE SEJA CONSTANTE EM SUA VIDINHA! GOSTARIA DE LHE DAR UM LINDO PRESENTE HJ, MAS ESPERO EM ALGUM MOMENTO PODER REALIZAR ESTE MEU DESEJO.

SEJA FELIZ  HOJE E SEMPRE!!!

Escrito por Carla às 17h11
[ ] [ envie esta mensagem ]

Quinta-feira , 05 de Abril de 2007


FELIZ ANIVERSÁRIO ALEXANDRE! 

Escrito por Carla às 22h00
[ ] [ envie esta mensagem ]

Sábado , 13 de Janeiro de 2007


AMO...

                             

 

                             

                      Foto: Autoria desonhecida

 

 

Amo!

Não preciso esconder,

Mas meu amor não é cego

Talvez seja apenas calado

Amo!

Sem desespero,

Sem atropelo

É amor maduro

O que o mantém vivo

é o paradoxo da distância

Amo!

E quero-te feliz

Mesmo que meus olhos não te vejam

Mas que meu coração possa te sentir

Amo sim!

Amo muito!

 

 

 

Escrito por Carla às 00h00
[ ] [ envie esta mensagem ]

EU GOSTO...

                              

 

                                

                               foto: Autoria desconhecida

 

 

Eu gosto quando sinto que você pensa em mim com carinho...

Eu gosto quando sinto que você pensa em mim como se eu fosse a única mulher de sua vida...

Eu gosto quando sinto que me trata de seu bem.

 

 

 

Escrito por Carla às 04h08
[ ] [ envie esta mensagem ]

Quarta-feira , 10 de Janeiro de 2007


SOU...

 

 

             

                                    Foto: Autoria desconhecida

 

 

 

 

Sou cretina, sou guerreira, sou mimada, to apaixonada...

 

 

Escrito por Carla às 00h38
[ ] [ envie esta mensagem ]

DIÁRIO DE UMA PAIXÃO

 

 

Por trás de todo grande amor EXISTE uma grande história...

 

 

 

"Leia para mim e eu voltarei para ti."

 

 

Escrito por Carla às 01h00
[ ] [ envie esta mensagem ]

Terça-feira , 09 de Janeiro de 2007


SE...

               

            

                            

 

"Se meu amor fosse um desenho...ele seria o professor Pardal"

Linnnnnnnnnndo!!!!!!!!

 

 

Escrito por Carla às 04h35
[ ] [ envie esta mensagem ]

Quinta-feira , 21 de Dezembro de 2006


SIMPLES...

 

 

                   

                              

 

Simplesmente...Palavras!

 

Num final de tarde, enquanto o sol mergulhava no horizonte, tarde risonha e sem núvens. Eis a grande dor do amor. Lembrar momentos tatuados no coração, momentos não acontecidos, que fazem parte de uma realidade sonhada. E já nem sei o que é real e o que foi sonho. Sinto saudades da saudade que fluiu de um sentimento gostoso, quando lembranças de palavras não ditas me veem...

“...vc é exigente Carla, vc só me conhece por palavras.”

Há palavras que tem cheiro, gosto, assim como certos momentos possuem sabor. Passear de mãos dadas na praia, no campo, no parque, soa como músicas embaladas nas estrofes dos ventos, quando nos despertam pela manhã, invadindo nossa cama junto com os primeiros raios de sol. É assim que nasce as palavras dentro de nós, suave como uma melodia. Até que somos levados por ela a conhecer novos ares, novas pessoas. A palavra tem esse poder. São as palavras que nos fazem cativos um do outro. Palavras ditas, escritas ou imaginadas, palavras lançadas, jogadas ao vento, que as conduzem até nós. Um simples "Eu te Amo!" é capaz de preencher silêncios, de embalar sonhos, deixando-se perceber numa interjeição em meio aos lábios. E num sussurro espremido em um sorriso seu, sinto serem as mesmas que a minha.

Penso agora que certas coisas ocorrem mesmo assim. O amor simplesmente surge e não se conhece o rumo que ele tomará. Ou ainda para quem ele dirá adeus primeiro. Agora você não está comigo, e eu não posso estar contigo. A mim, me basta permanecer aqui sozinha lembrando das horas em que te tinha.

São palavras de uma mulher apaixonada: saudade, paixão, amor e prazer.

 

 

Escrito por Carla às 02h40
[ ] [ envie esta mensagem ]

 

"Um dia me disseram  que as nuvens não eram de algodão, um dia me disseram que os ventos as vezes erram a direção..."

(Engenheiros do Hawai)

 

Escrito por Carla às 01h45
[ ] [ envie esta mensagem ]

 

"Amar sem exigências ou imposições, sem exigir amor. O que mais nobre pode existir? O que de mais absurdamente louco pode existir?"

(Eu)

 

Escrito por Carla às 01h38
[ ] [ envie esta mensagem ]

 

"Amo a liberdade, por isso deixo livre as coisa que amo...se voltarem é porque as conquistei...se não voltar é porque nunca as tive."

(CHARLES CHAPLIN)

 

 

Escrito por Carla às 01h32
[ ] [ envie esta mensagem ]

 

 

 

 

QUE VENHA 2007!!! 

 

 

 

 

Escrito por Carla às 01h26
[ ] [ envie esta mensagem ]

Domingo , 10 de Dezembro de 2006


PRECISO...

             

 

 

         

                                   Foto: autoria desconhecida

 

"Preciso tanto aproveitar você....beijar tua boca...olhar teus olhos...dizer palavras de um futuro bom...palavras...palavras..."

(J QUEST)

 

Escrito por Carla às 14h04
[ ] [ envie esta mensagem ]

Segunda-feira , 30 de Outubro de 2006


                     

                      "Despedi-me

                          do vazio,

                          o coração

                         já não mais

                         encontra-se

                         devoluto."

 

Escrito por Carla às 00h32
[ ] [ envie esta mensagem ]

 

 

 

         

                        Foto: Autor desconhecido

 

 

Ela queria fazer amor com ele, lentamente, novamente. Queria senti-lo na hora "agora", no tempo "presente". Um amor sem pretensas promessas, com apenas juras ditas sem a menor pretensão de serem esquecidas. Não diriam nada, apenas sussurros que dizem tudo, num silêncio voluntário e necessário. Falariam entre olhares que não se cansam. Um olhar sôfrego. Ela precisava encontrá-lo já não em sonhos e fazer dele uma realidade de ambos.

 

 

Escrito por Carla às 00h29
[ ] [ envie esta mensagem ]

 

"Estranha sensação

de te amar sem te tocar,

de ser tua sem te ter."

 

 

Escrito por Carla às 00h24
[ ] [ envie esta mensagem ]

Sexta-feira , 20 de Outubro de 2006


 

 

 

 

 

 

 

A FELICIDADE EXIGE VALENTIA! POSSO TER DEFEITOS, VIVER ANSIOSO(a) E FICAR IRRITADO(a) ALGUMAS VEZES, MAS NÃO ESQUEÇO DE QUE MINHA VIDA É A MAIOR EMPRESA DO MUNDO E QUE POSSO EVITAR QUE ELA VÁ A FALÊNCIA. SER FELIZ É RECONHECER QUE VALE A PENA VIVER, APESAR DE TODOS OS DESAFIOS, INCOMPREENSÕES E PERÍODOS DE CRISE. SER FELIZ É DEIXAR DE SER VÍTIMA DOS PROBLEMAS E SE TORNAR UM AUTOR DA PRÓPRIA HISTÓRIA. É ATRAVESSAR DESERTOS FORA DE SI, MAS SER CAPAZ DE ENCONTRAR UM OÁSIS NO RECÔNDITO DA SUA ALMA. É AGRADECER A DEUS A CADA MANHÃ PELO MILAGRE DA VIDA. SER FELIZ É NÃO TER MEDO DOS PRÓPIOS SENTIMENTOS. É SABER FALAR DE SI MESMO. É TER CORAGEM PARA OUVIR UM "NÃO". É TER SEGURANÇA PARA RECONHECER UMA CRÍTICA, MESMO QUE INJUSTA. PEDRAS NO CAMINHO? GUARDO TODAS, UM DIA VOU CONSTRUIR UM CASTELO..."

 

FERNANDO PESSOA.

 

 

 

 

Escrito por Carla às 02h15
[ ] [ envie esta mensagem ]

 

 

 

 

"Uma relação tem que servir para tornar a vida dos dois mais fácil. Vou dar continuidade a esta afirmação porque o assunto é bom e merece ser desenvolvido. Algumas pessoas mantêm relações para se sentirem integradas na sociedade, para provarem a si mesmas que são capazes de ser amadas, para evitar a solidão, por dinheiro ou por preguiça. Todos fadados à frustração. Uma relação tem que servir para você se sentir 100% à vontade com outra pessoa, à vontade para concordar com ela e discordar dela, para ter sexo sem não-me-toques ou para cair no sono logo após o jantar, pregado. Uma relação tem que servir para você ter com quem ir ao cinema de mãos dadas, para ter alguém que instale o som novo enquanto você prepara uma omelete, para ter alguém com quem viajar para um país distante, para ter alguém com quem ficar em silêncio sem que nenhum dos dois se incomode com isso. Uma relação tem que servir para, as vezes, estimular você a se produzir, e,quase sempre, estimular você a ser do jeito que é, de cara lavada e bonita a seu modo. Uma relação tem que servir para um e outro se sentirem amparados nas suas inquietações, para ensinar aconfiar, a respeitar as diferenças que há entre as pessoas, e deve servir para fazer os dois se divertirem demais, mesmo em casa, principalmente em casa. Uma relação tem que servir para cobrir as despesas um do outro num momento de aperto, e cobrir as dores um do outro num momento de melancolia, e cobrirem o corpo um do outro quando o cobertor cair. Uma relação tem que servir para um acompanhar o outro no médico, para um perdoar as fraquezas do outro, para um abrir a garrafa de vinho e para o outro abrir o jogo, e para os dois abrirem-se para o mundo, cientes de que o mundo não se resume aos dois".

Drauzio Varela

 

 


Escrito por Carla às 02h07
[ ] [ envie esta mensagem ]
Busca na Web:

Perfil

Meu perfil
BRASIL, Sudeste, SANTOS, Mulher, Portuguese, Italian, Arte e cultura, Viagens, Literatura, vinhos, Musicista, Designer
MSN - querequinte@hotmail.com

Mônica